19 de março de 2008

O que fazer quando a compra online dá errado

A compra online babou! Não recebi o produto...ou ele veio com defeito. E agora doutora?

Tenho recebido várias consultas pelo formulário envolvendo compras online. Com o crescimento de cerca de 40% desta modalidade de venda, houve igualmente o aumento nas reclamações. Veja os passos da via crucis da compra online, e algumas dicas que podem te ajudar no futuro:

1º Verifique onde você está comprando!

Qualquer pessoa que se disponha a fazer uma compra online é porque usa o computador certo? Se consegue usar o computador para fazer apanhado de preços e fazer uma compra online saberá também fazer uma pesquisa de confiabilidade.

Visite os diversos sites de reclamação como o RECLAME AQUI por exemplo, e veja o ranking de reclamação das empresas de venda online. Por esta pesquisa você saberá quais os sites online que eventualmente estão tendo problemas com os seus clientes. Fuja delas.


2º Guarde a prova do crime!

Não.. não é CSI mas guarde toda e qualquer evidência. GUARDE TUDO, eu disse TUDO. Imprima e-mails, imprima a página de oferta do bem, a página contendo prazo para entrega. Imprima comprovante de pagamento ou qualquer outra informação. Imprima qualquer email de confirmação que receba do site.


3º Preste atenção no que está fazendo!
Tenha calma. Leia com atenção a oferta. LEIA AS LETRAS MIÚDAS.

Existem sites que disponibilizam produtos na modalidade PRÉ – VENDA. É o caso do produto que ainda não está disponível mas supostamente estará em breve. O que o site faz é criar um cadastro de reserva. Você paga hoje e só recebe quando o produto chegar. Então preste atenção no que você está fazendo. Se concordar com este tipo de venda não poderá reclamar depois não é mesmo?

4º Não durma no ponto!
No caso de atraso na entrega do produto, mesmo que seja um dia apenas, entre em contato com o atendimento online. Nada de ficar naquela... “Jesus me ama...amanhã vai chegar...”.
Mande emails e grave tudo no pc.
Ligue na central de atendimento. Se conversar via telefone, anote:

- data
- horário
- nome completo da atendente
- número de protocolo.

Peça todos estes dados – a atendente é obrigada a lhe fornecer. Se ela se recusar peça para falar com o supervisor dela. O importante é formalizar tudo e imprimir TODOS OS EMAILS DE CONTATO.

5º Não dê uma de bobo!
Você acredita em papai Noel? E em fada dos dentes? Não, certo? Então o que faz você acreditar que uma empresa que JÁ NÃO ENTREGOU ALGO NA DATA APRAZADA vai fazer isso posteriormente? Não caia nessa.

Se o atendimento online te deu um prazo para resolver a situação e não cumpriu, dificilmente cumprirá mais tarde. Ela vai pedir prazos e mais prazos e nunca vai cumprir. Não adianta você ficar ligando e dando uma de mané.

FORMALIZE! NOTIFIQUE EXTRAJUDICIALMENTE A EMPRESA dando um prazo de 5 dias para que o problema seja resolvido sob pena de procurar solução junto ao Procon ou Juizado Especial.

Tem um modelo no blog que pode ser adequado a suas necessidades. É só fazer um resumo dos acontecimentos, da compra online e no final pedir uma solução no prazo sob pena de você procurar o Procon ou o JEC. MANDE PELO CORREIO COM AR – Aviso de recebimento. Isto é INDISPENSÁVEL para colocar a empresa em mora (tem prazo para resolver o caso) e comprovar que ela recebeu sua reclamação.

6º O prazo esgotou e o site não resolveu o problema?
É amigo... infelizmente você foi feito oficialmente de bobo. Está na hora de correr atrás do prejuízo.

Reúna todos os documentos que você tem e procure o PROCON ou o JEC. O Procon poderá tentar forçar um acordo entre você e a empresa, conseguir a devolução do dinheiro ou um abatimento no preço para uma nova compra. Lembre-se entretanto que o máximo que o Procon poderá fazer é mover um processo administrativo contra a empresa.

Você pode, em lugar de procurar o Procon ou depois que esta tentativa não tiver resultado em nada, procurar o Juizado Especial Cível (o famoso Juizado de pequenas causas). Nas causas inferiores a 20 salários você não precisará sequer de advogado e não pagará nada.

Você poderá levar a sua reclamação por escrito (tem um modelo no blog) ou simplesmente contar a história e apresentar os documentos ao funcionário do Fórum que é encarregado de registrar a informação.

Lembre-se: prevenir é melhor que remediar. Preste atenção onde você está comprando. Se for site com várias reclamações, não compre, por mais que a oferta seja tentadora.

E se for feito de bobo, não se cale. Se o site disse que a compra foi cancelada por indisponibilidade do produto e ao visitar o site o produto ainda está a venda, imprima a página de oferta com a data e tudo e leve ao Ministério Público com uma representação (está no blog). Ao disponibilizar produto que não está disponível para compra online ele está lesando inúmeros consumidores o que legitima o Ministério Público a intervir no caso.

Nenhum comentário: